Condomínio sustentável: 7 tecnologias indispensáveis

Descrição da imagem

Com problemas como o aquecimento global, trazer alternativas sustentáveis aos condomínios se tornou um diferencial no mercado imobiliário. Planejado para utilizar diferentes meios para obter energia e gerar menos impactos à natureza, esse tipo de apartamento vem ganhando destaque no mercado imobiliário. 

Um condomínio sustentável, além de ser valorizado por sua conexão com o meio ambiente, também é sinônimo de mais economia. Afinal, por meio das novas tecnologias, os recursos utilizados fornecem redução de gastos com energias naturais e renováveis. 

Quer saber mais sobre o assunto? Separamos a seguir sete tecnologias indispensáveis que podem tornar o seu condomínio sustentável. Confira!

1. Sensor de presença

Com a inovação tecnológica, novos tipos de sensores foram surgindo, como é o caso do sensor de presença. Instalado nas áreas comuns dos condomínios, como halls e corredores, esse tipo de sensor detecta e ilumina o ambiente apenas quando identifica a temperatura do corpo humano.

Essa é uma alternativa perfeita para que a energia elétrica não seja consumida em excesso, já que as lâmpadas não precisam ficar ligadas constantemente, evitando assim o gasto para os condôminos. 

O sensor também é uma tecnologia que favorece a segurança dos moradores, tornando o ambiente mais iluminado e detectando caso alguém não identificado esteja no mesmo espaço. É uma das alternativas mais comuns, mas que faz total diferença no edifício. 

2. Painéis Fotovoltaicos 

O condomínio sustentável também deve apostar em painéis fotovoltaicos como uma das suas principais fontes de energia. Por meio das células fotovoltaicas do painel, eles recorrem à energia solar para fornecer eletricidade, que servirá como um sensor de luz, e irá armazená-la.

É a opção ideal para quem deseja recuperar o investimento e ter uma economia a longo prazo, já que sua manutenção é mais tranquila e demanda menos tempo. 

3. Gerador full

Quem nunca passou por um atraso ou pelo inconveniente de ficar sem luz no próprio apartamento devido a uma queda de energia elétrica no condomínio? Sem dúvidas, essa é uma reclamação comum entre os moradores de apartamentos. Porém, com o gerador full, isso deixa de ser realidade.

Apesar do alto investimento, esse tipo de gerador é um diferencial para o condomínio sustentável, já que o sistema garante geração de energia suficiente para até 6h. 

Essa energia renovável é conhecida por captar a eletricidade por meio das placas solares e transformá-la para uso doméstico. Isso evita desgastes nos aparelhos tecnológicos, evitando o risco de queimá-los e também a quebra na rotina.

4. Captação de águas das chuvas

Uma das vantagens dessa tecnologia é a reutilização da água coletada durante a chuva para utilizar em atividades como irrigações, limpezas de espaços comuns e até no próprio sistema de cisternas das áreas comuns do condomínio.

Essa é uma sugestão também voltada para a economia e redução do consumo de água, evitando gastos desnecessários.

5. Aquecimento de água por sistema solar

Ainda, ao investir em todas essas tecnologias, você também pode utilizar a energia solar como uma alternativa para o aquecimento de água do condomínio. Essa ação proporciona um excelente custo-benefício ao morador e pode ser utilizada em conjunto com outros meios do edifício.  

O melhor de tudo isso é poder garantir para o morador economia, tranquilidade, praticidade e conexão com o meio ambiente, alertando sobre os cuidados com a natureza e as diferenças que a sustentabilidade traz para o mundo. 

6. Sistema de medição de água e gás individualizado e automatizado

Uma tecnologia recente, mas de extrema importância para a utilização do necessário, evitando excessos e desperdícios, é a medição de água e gás. Com a automação do processo, é possível realizar mais de uma leitura de checagem por dia.

Dessa forma, além da possibilidade de identificar se há algum vazamento de gás, a leitura individualizada permite a medição exata do consumo de cada residência, gerando a cobrança mensal de maneira mais eficiente e justa possível.

7. Infraestrutura para o fornecimento de ponto de água mineral

Para fornecer água de qualidade e da forma mais prática possível, no planejamento de um condomínio sustentável, garantir infraestrutura para fornecer água mineral é um ponto muito importante a ser considerado.

Idealizado para diminuir o tempo e o dinheiro dispensados para comprar galões ou garrafas de água e priorizar sua qualidade de distribuição planejada, os pontos de dispensa podem ser instalados na cozinha com grande facilidade.

A tecnologia ainda contribui para a diminuição de resíduos plásticos descartados no meio ambiente, sendo uma grande aliada no processo de sustentabilidade.

Gostou dessas dicas e quer saber mais sobre os assuntos? Fique de olho em nosso blog para mais novidades! 

Veja mais

Descubra os mirantes de Maceió com as mais belas vistas

Maceió, a encantadora capital de Alagoas, oferece não apenas belas praias e gastronomia única, mas também proporciona a oportunidade de […]

Ponta Verde: como é morar na região mais desejada de Maceió

Na busca pelo lugar ideal para morar, a localização é um fator muito importante. Elementos como segurança, praticidade e conveniência […]

Conheça o projeto do Boulevard São Gonçalo

O Boulevard São Gonçalo, uma parceria entre a Construtora Record e a prefeitura de Maceió, é um novo projeto situado […]

Receba nossas novidades

Participe da comunidade e receba uma seleção com os nossos
melhores conteúdos sobre design, arquitetura, comportamento
e o mercado de imóveis em Maceió.