POR ONDE ANDA O JOVEM QUE ESTUDAVA COM AJUDA DE UM POSTE DE LUZ?

Lembra do estudante alagoano Wellington José, que ficou conhecido por estudar com a ajuda de um poste de luz defronte à casa onde morava?

Na época, após uma mobilização nas redes sociais e o encontro ocasional de sua mãe com o diretor Helio Abreu, da Record, o rapaz ganhou visibilidade e uma bolsa mensal da construtora, além de um computador para auxiliar nos estudos. Em troca ele só precisava continuar estudando.

E estudou muito. Por seus próprios méritos, ganhou várias medalhas de ouro nas Olimpíadas de Matemática e chamou a atenção até da conceituada Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro (FGV-RJ).

A instituição ofereceu uma bolsa ao alagoano após Wellington passar no concorrido vestibular da Escola de Matemática Aplicada. Atualmente, ele reside na capital carioca, cursa o quinto período da faculdade, participou por um ano de um projeto de pesquisa em processamento de linguagem e agora está indo para o terceiro artigo publicado em revista especializada.

À distância, ele continua ajudando sua mãe que, com muito esforço como catadora de lixo, sempre incentivou o filho a estudar. O prêmio para ela é o sucesso de seu filho, que trilhou um novo caminho.

Veja mais

Como um condomínio de casas à beira- mar pode transformar sua rotina

Você já parou para imaginar a sensação de acordar todas as manhãs e, ao abrir a porta, dar de cara […]

Qualidade, Inovação e Sustentabilidade: os detalhes que nos diferenciam

Na Construtora Record, nossa missão vai além de simplesmente construir edifícios,  temos o compromisso de elevar o padrão de moradia […]

Litoral Norte de Maceió: por que essa região está crescendo tanto?

Nos últimos anos, o Litoral Norte de Maceió experimentou um crescimento significativo, impulsionado por investimentos públicos e privados. A conclusão […]

Receba nossas novidades

Participe da comunidade e receba uma seleção com os nossos
melhores conteúdos sobre design, arquitetura, comportamento
e o mercado de imóveis em Maceió.